Aneurismas da Aorta Abdominal e Torácica

Distensão de um ponto enfraquecido da parede de qualquer artéria. De acordo com sua forma, pode ser fusiforme, sacular ou dissecante. Ainda pode ser classificado como congênito, inflamatório, degenerativo ou traumático.
Ele se forma com mais freqüência na aorta (a maior artéria do corpo), nas artérias na base do cérebro e na artéria atrás do joelho (poplítea). Embora os aneurismas possam produzir sintomas pressionando órgãos vizinhos (por exemplo, um na base do cérebro pode produzir visão dupla através da compressão dos nervos que se dirigem aos músculos externos do olho), o perigo maior é a sua ruptura, que causa hemorragia interna grave que pode ocasionar a morte.
O tratamento depende do local e do tipo do aneurisma. A cirurgia representa a única possibilidade de cura, e a operação pode ou não ser realizada, dependendo de cada caso.